Header Ads

Eu te amo pra sempre, meu bebê gandão

Em Janeiro de 2016 eu escrevi "A tentativa de blogar ao lado de um felino"... foi quando Samhain veio para mim. Ele foi amor do início ao fim. Samhain me ajudou em tantos motivos, tantas lutas emocionais. Ele foi a bolinha preta mais luminosa que eu já vi. A paixão que eu tenho por esse bolinha ~ literalmente, mesmo ~ de pelos não vai deixar de existir e nem em sonho vai diminuir. Eu o tatuei no braço esquerdo - sou canhota - e isso significava que ele era minha direção.

Quando o encontraram morto eu fiquei feliz que tiveram respeito por seu corpinho obeso e, quando eu o encontrei, já durinho, mas com uma carinha fofa como sempre, peguei-o no colo e fiz muito carinho. Fiz isso a vidinha dele toda, não ia deixar de fazer na partida.

Eu não consigo fazer um texto grande para ele, na verdade eu consigo, mas não preciso. Eu iria chorar escrevendo... e... o que eu preciso falar para ele ~ que é muita coisa, o tempo todo ~, eu falo de olhinhos fechados e em pensamento.

Agora a Kali tá sem o irmão/mãe dela, e tá sentindo muita falta. Logo logo virá o/a Yule para a nossa casa e ela poderá voltar a ser a gata blasè que ama ser lambida. Meu amor por vocês é eterno, e por você, Samhain, é dum tamanho que nem sei explicar. Eu dizia "Se eu ficar sem esse gato, eu não sei o que eu faço"... e é, eu não sei o que fazer agora.

Te amo meu bebê gandão, nossa coxinha, nosso boi! <3 Foi o melhor presente de natal que eu já tive! Seu aniversário, 24 de Dezembro, será sempre comemorado!

Da sua mamãe que te ama muuuuito e tem certeza que tá do meu ladinho se aninhando... <3






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.